Descalvado, 16 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Após acordo, 6 empresas pagarão valor de propina em dobro

18/11/2011

Auditor fiscal do trabalho foi flagrado cobrando para não fazer fiscalização, em São Carlos

Seis empresas acusadas de pagar propina para auditores fiscais do Ministério do Trabalho de São Carlos terão que pagar o mesmo valor em dobro, após um acordo firmado na segunda-feira (14) com o Ministério Público do Trabalho (MPT) de Araraquara.

Empresas de Descalvado, Pirassununga, Porto Ferreira, São José do Rio Preto e Sertãozinho, que tentavam escapar da fiscalização trabalhista, terão que pagar indenizações que variam de R$ 12 mil a R$ 40 mil. Todas prestam serviços em São Carlos.

Com o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), as empresas se comprometeram a pagar o dobro do valor repassado ao fiscal, que será revertido em favor de iniciativas, projetos ou campanhas em benefício dos trabalhadores.

O caso corre em segredo de Justiça e, por isso, o nome das empresas não pode ser divulgado, assim como o nome do auditor fiscal flagrado pela Polícia Federal cobrando a propina.

Além de pagar as indenizações, as empresas se comprometeram a liberar os serviços de inspeção do trabalho, sob pena de multa de R$ 15 mil por ocorrência.

Uma empresa que não compareceu à audiência responderá a uma ação civil pública, já que não ajustou sua conduta voluntariamente por meio de TAC.

EPTV









Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados