Descalvado, 21 de Novembro de 2018 Busca:   
Notas Policiais

Polícia vai investigar se manobra errada causou acidente que matou pai e filhas

06/02/2012

Carro de família e caminhão colidiram de frente na Rodovia Guilherme Scatena no sábado (4). Criança de 4 anos continua em estado grave.

A Polícia Civil de São Carlos vai investigar se uma manobra errada do motorista do caminhão provocou o acidente que matou pai e duas filhas, na noite de sábado (4). A colisão frontal com o carro em que estava a família aconteceu no km 8 da Rodovia Guilherme Scatena. As vítimas foram enterrados na tarde deste domingo (5), no Cemitério Nossa Senhora do Carmo. Uma criança de 4 anos, que teve um braço amputado, continua internada em estado grave.

Na segunda-feira (6), o 1º Distrito Policial (DP) de São Carlos vai começar a investigar o que pode ter causado o acidente. No boletim de ocorrência, consta a suspeita de que o motorista do caminhão fez uma manobra errada após uma curva e invadiu a pista contrária, colidindo com o carro. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e exame de sangue, mas fez um exame clínico e foi liberado. O resultado deve sair na próxima semana.

No caminhão, os peritos não encontraram o disco do tacógrafo, que registra a velocidade.

No carro da família, foram encontradas latinhas de cerveja vazias no carro. Também foram recolhidas amostras de sangue para saber se o pedreiro João Carlos de Almeida, 46 anos, ingeriu bebida alcoólica.

Luto

O velório e enterro das vítimas foi marcado pela comoção de parentes e amigos na tarde deste domingo. O tio de Almeida, Dairson Ramos, disse que a família está muito abalada com o acidente. “Mexe muito com o emocional. Não é fácil. Era uma família unida e estavam juntos em todas as dificuldades. Infelizmente aconteceu essa tragédia”, lamentou.

O acidente

Segundo informações da Polícia Rodoviária, a família voltava da Represa do 29, uma área de lazer bastante frequentada por moradores de São Carlos nos fins de semana. No km 8 da rodovia, a Santana Quantun da família, com placas de Araraquara, bateu de frente com a carreta, por volta das 19h10.

O pedreiro e suas duas filhas, Graziela e Bruna Denardi de Almeida, de 11 e 7 anos, respectivamente, morreram no local.

A mulher do pedreiro, Renata Ramos Denardi, de 30 anos, sofreu apenas ferimentos no rosto. Das outras duas filhas do casal, Fernanda, de 4 anos, teve um braço amputado e esta internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de São Carlos, enquanto Monalisa, de 3 anos, não ficou ferida.

Fonte: EPTV









Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados