Descalvado, 20 de Novembro de 2018 Busca:   
Geral

Jogos on-line ajudam no aprendizado básico de português e matemática

21/03/2012

Programas foram criados por pesquisadores da Unesp, UFSCar e USP.
Professores e alunos podem usar ferramentas gratuitas na internet.

Três universidades da região desenvolveram programas na internet que ajudam professores e alunos de todas as idades aprender duas matérias importantes e complicadas: matemática e português.

A ferramenta Ludo Primeiros Passos, desenvolvida por pesquisadores da Unesp em parceria com a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), auxilia os professores no processo de alfabetização dos alunos, entre 5 e 8 anos.

O jogo simples faz com que as crianças aprendam as primeiras palavras do português, ligando figuras e palavras e completando com letras e sílabas. “A gente tem vários jogos voltados para todos as idades. Também pode ser usado na inclusão digital de adultos”, disse o pesquisador Rener Baffa da Silva.

Ao todo, são cinco níveis de dificuldade. À medida que a criança vai acertando, passa de nível. o jogo faz parte do portal ludoeducajogos.com.br, que em dois anos já teve mais de um milhão de acessos. “Nós estamos indo até as escolas e as escolas estão vindo à universidade. Os professores estão participando ativamente dos nossos jogos”, explicou o coordenador do Instituto de Nanotecnologia da UFSCar e da Unesp, Elson Longo.

Vários pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) também têm desenvolvido aplicativos para ajudar no ensino da matemática, a mais temida das matérias. “Fazemos o primeiro bimestre com matemática básica mesmo, recapitulando os ensinamentos do ensino fundamental, pois isso pode piorar e dificultar a física”, afirmou o professor de Matemática e Física Guilherme Mourão Broca.

As ferramentas virtuais do site www.matematica.br/igeom mostra as várias operações matemáticas de maneira bem didática. “A computação é um ambiente muito livre e que tem muitos recursos, permitindo a abordagem de um tema de várias maneiras diferentes. Como cada criança tem um jeito diferente de lidar com a matemática, seria até mais fácil você ter uma diversidade maior”, disse o estudante de ciência da computação João Paulo Tannus de Souza.

Também é possível montar simulados personalizados com vários exercícios para testar o desempenho dos estudantes, o que é um bom instrumento no preparo para os vestibulares. “Primeiro o aluno pode fazer os exercícios, o sistema vai identificar quais são as dificuldades e vai preparar um plano de estudo para ele”, destacou o professor do curso de Computação da USP São Carlos Seiji Isotani.

Fonte: G1/EPTV










Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados