Descalvado, 16 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Rigor encerra as atividades em São Carlos e manda para casa 560 trabalhadores

10/04/2012

Funcionários da empresa em São Carlos (SP) cumpriam aviso prévio.
Direção decidiu que empregados deveriam esperar em casa pela rescisão.

Funcionários da empresa Rigor Alimentos, de São Carlos (SP), encontraram os portões fechados na manhã desta segunda-feira (9). Os 560 trabalhadores teriam que cumprir aviso prévio até o dia 24 de abril, mas foram informados que deveriam esperar em casa pela rescisão no começo do mês que vem.

Os funcionários foram pegos de surpresa com a medida. “Falaram que seria no dia 13 que fecharia, depois passaram para o dia 20. Chegamos agora e fecharam as portas e ninguém deu uma explicação”, disse Genilda da Cruz, que tem o cargo de serviços gerais na empresa.

Crise financeira
No começo de fevereiro, a empresa demitiu 510 trabalhadores, 390 em São Carlos e 120 em Descalvado (SP). Assinou também um acordo com o Ministério do Trabalho para pagar as rescisões em três parcelas, a última seria paga em maio.

O grupo comprou o abatedouro em outubro de 2010. Esta já é a quarta empresa a assumir o frigorífico de aves que, só em São Carlos, chegou a ter 1,5 mil funcionários. A crise começou no final do ano passado, por causa dos prejuízos com o baixo preço do frango no mercado.

Direitos trabalhistas
A auxiliar de produção, Kátia de Brito, disse que muitos funcionários estão com medo de não receberem os direitos trabalhistas após a demissão em massa “A preocupação é da gente não receber a rescisão mesmo. Todos que trabalham aqui precisam e agora vamos para casa, ficamos sem receber nosso direito. A gente não sabe o que vai acontecer com a gente”.

O gerente regional do Trabalho e Emprego, Antônio Valério Morillas Júnior, disse que os funcionários não podem cumprir aviso prévio em casa e que vai fiscalizar se eles estão recebendo todos os direitos. “Ainda está no prazo desse pagamento. Todos os pagamentos, nos prazos legais, e todos os direitos dos trabalhadores demitidos terão que ser respeitados”.

Morillas disse ainda que o Ministério do Trabalho e o Ministério Público do Trabalho vai investigar o caso e, se houver alguma postura irregular, serão tomadas providências administrativas e judiciais.

Rigor Alimentos
A Rigor Alimentos informou que a paralisação do abate na unidade de São Carlos foi decida pela diretoria da empresa. Agora, todo o abate está centralizado em Descalvado.

Sobre os dias a serem cumpridos pelos funcionários, a empresa disse que vai pagar, mesmo não sendo trabalhados. Disse ainda que o prédio será devolvido em breve aos antigos proprietários.

Fonte: G1











Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados