Descalvado, 22 de Novembro de 2018 Busca:   
Notas Policiais

PM apreende grande quantidade de drogas na Vila Albertina e prende homem suspeito por tráfico de drogas

15/06/2012

Denúncia anônima foi fundamental para essa ação da Polícia


Uma denúncia anônima feita através do 190 da Polícia Militar informava que em uma residência na Rua Rio de Janeiro, uma pessoa vinda de Pirassununga estaria portando um revólver e traficando drogas na Vila Albertina. De posse dessa informação o Sargento da PM Gilberto juntamente com os soldados Soncin, Ennes e Novaes dirigiram-se até o local para averiguar a veracidade da denúncia. Ao patrulhar as proximidades do cemitério, depararam-se com uma pessoa suspeita e ao realizarem a abordagem constataram que era um menor, de 15 anos, que alegava que havia vindo de Pirassununga a algum tempo e que estava residindo no bairro, mais precisamente em um quarto de uma casa.

Quando os policiais revistaram o jovem encontraram uma porção de droga em suas vestes . Após isso o jovem levou os policiais até a casa onde alegava estar residindo. Chegando lá os policiais obtiveram a autorização do proprietário do imóvel, o funcionário público JRM, para adentrarem no local. Em revista pelo local foi encontrada uma grande quantidade de drogas. Ao todo foram encontrados 10 papelotes de maconha, 140 pedras de crack, uma porção de cocaína, um rolo de papel alumínio, 298 cápsulas vazias que são usadas para embalar cocaína e uma bala deflagrada de revólver, calibre 22.

Ambos foram levados para a Delegacia de Polícia onde o Delegado Dr. João Alaor Garcia determinou que o jovem fosse entregue ao Conselho Tutelar, quanto ao proprietário da casa, o mesmo foi preso em flagrante por tráfico de drogas e encaminhado à Cadeia Pública de São Carlos. Vale lembrar que um dos irmãos de JRM encontra-se preso, também pela prática de tráfico de drogas.

Camaradagem e companheirismo nem sempre são praticados por colegas de trabalho
Nosso jornalismo acompanhou o difícil trabalho das Conselheiras Tutelares em conseguir designar o destino do jovem, pois como ele é menor, deveria ser entregue a família ou a um responsável, porém o pai negou-se a vir à Descalvado para buscar o filho, bem como a Guarda Municipal e o Conselho Tutelar de Pirassununga também informaram as conselheiras de Descalvado que não poderiam vir buscá-lo. Com isso o problema ficou nas mãos das conselheiras daqui, que não possuem veículo apropriado para levá-lo até lá. Até o momento da publicação desta matéria, estava-se tentando enviá-lo para o NAE de São Carlos, mas isso ainda não havia sido confirmado.















Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados