Descalvado, 19 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Mulher morre em Araraquara por H1N1

20/07/2012

Mulher de 52 anos estava internada desde o dia 7 de julho na Santa Casa.
Em todo o Estado de São Paulo, 14 pessoas morreram este ano.


A Secretaria de Saúde de Araraquara (SP) confirmou nesta quinta-feira (19) a primeira morte no ano pelo vírus H1N1 na cidade. Uma mulher de 52 anos estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa desde o dia 7 de julho e morreu na manhã desta quarta-feira (18) por complicações da gripe A.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, a mulher não tomou a vacina contra a gripe e deu entrada no hospital com quadro respiratório prejudicado e pertencia ao grupo de risco da gripe porque era hipertensa.

“A vacinação ocorre em toda a região e é importante para se prevenir”, afirmou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Estela Maura Cattelani. Um exame realizado na faringe da paciente diagnosticou a doença. “O exame só é feito em casos graves quando há a suspeita”, explicou. O laudo ficou pronto nesta quarta-feira (18).

Em todo o Estado de São Paulo, foram registrados 66 casos da gripe A e 14 pessoas morreram por complicações da doença, de acordo com o último levantamento divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde.

"Caso isolado"
Segundo o médico infectologista Rodolfo Telarolli Júnior, o caso em Araraquara é isolado. “Não tem porque as pessoas entrarem em desespero, mas todo cuidado é bom”, disse. Ele diz que algumas medidas são necessárias para evitar contrair o vírus e hábitos já esquecidos devem ser retomados para evitar o contágio. “É bom evitar locais fechados, lavar as mãos com água e sabão e voltar a rotina do álcool em gel, que já caiu no esquecimento da população”, afirmou.

Segundo ele, a vacina contra o vírus também é importante. “Quem tomou a vacina está imune, mas não há 100% de garantia porque já existem diversos vírus, mas é essencial”, disse.

Gestantes, pessoas com mais de 60 anos, com doenças crônicas, indígenas, crianças de seis meses a dois anos de idade, além dos profissionais da saúde devem receber a dose da vacina.
Todas as unidades de saúde e o Serviço Especial de Saúde de Araraquara (SESA) continuam aplicando a vacina contra a gripe A (H1N1) e outros dois tipos do vírus influenza - A (H3N2) e B.

Fonte: G1 São Carlos











Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados