Descalvado, 13 de Dezembro de 2018 Busca:   
Brasil e Mundo

Determinação da Anatel pode acabar com os torpedos publicitários

20/07/2012

Clientes devem ser questionados antes de receber propagandas no celular.
A partir do dia 20, operadoras devem consultar os consumidores via SMS.


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) determinou que as operadoras de telefonia móvel enviem SMS a seus clientes perguntando se eles desejam continuar recebendo propaganda no celular. Por lei, desde 2008, o consumidor deve ser consultado sobre o recebimento destas mensagens, porém com a nova determinação, as operadoras podem utilizar o mesmo meio para consultar os clientes.

A partir do dia 20 de julho, as operadoras enviarão a seguinte mensagem: “Caso não queira receber mensagem publicitária desta prestadora, envie SMS gratuito com a palavra SAIR”. Se o cliente resolver sair, em até sete dias ele vai receber outro SMS confirmando a escolha.

A Anatel também determinou que a participação em promoções pelo celular não esteja vinculada às mensagens publicitárias. “Diversos regulamentos de promoções que as prestadoras faziam, traziam uma cláusula obrigatória de que o usuário já aceitava o recebimento dessas mensagens, independente da escolha dele”, explicou Nilo Pasquali, gerente de serviços móveis da Anatel em São Carlos (SP).

A lei pretende livrar os consumidores dos torpedos publicitários. Quem se sentir incomodado com mensagens de propagandas de outros tipos de empresas, pode procurar os órgãos de defesa do consumidor e até pedir indenização por danos morais.

Fonte: G1 São Carlos









Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados