Descalvado, 14 de Novembro de 2018 Busca:   
Esporte

Depois do ouro na ginástica, Brasil garante duas medalhas no boxe

07/08/2012

Com a vitória do brasileiro Arthur Zanetti na ginástica artística, o Brasil conquistou, hoje (6), sua segunda medalha de ouro nas Olimpíadas de Londres e a primeira da modalidade. O país ocupa o 22º lugar com oito medalhas: duas de ouro, uma de prata e cinco de bronze.

O Brasil também tem mais duas medalhas garantidas no boxe, pois dois atletas se classificaram para a semifinal da modalidade. No boxe não há disputa pelo terceiro lugar e os perdedores das lutas das semifinais automaticamente ganham o bronze.

Adriana Araújo se classificou na categoria até 60 quilos na estreia do boxe feminino em Olimpíadas ao derrotar a marroquina Mahjouba Oubtil por 16 a 12 e Esquiva Falcão conquistou sua vaga na semifinal ao derrotar o húngaro Zoltan Harcsa por 14 a 10 na categoria até 75 kg. Adriana volta aos ringues na quarta-feira contra a russa Sofya Ochigava e Esquiva na sexta-feira contra o britânico Anthony Ogogo.

Há 44 anos o Brasil não sobe ao pódio no boxe. A última vez foi com o lutador Servílio de Oliveira, que levou o bronze nos Jogos Olímpicos do México em 1968.

No vôlei de praia, Alison e Emanuel venceram os poloneses Mariusz Prudel e Grzegorz Fijalek, por 2 sets a 1. Invictos nos Jogos, os brasileiros avançaram às semifinais e enfrentam amanhã (7) a dupla Plavins e Smedins, da Letônia. A outra dupla brasileira, formada por Ricardo e Pedro Cunha, foi eliminada pelos alemães Jonas Reckermann e Julius Brin.

No basquete masculino, o time brasileiro jogou contra a Espanha e ganhou de 88 a 82. Com quatro vitórias e uma derrota a seleção termina em segundo lugar no grupo B. O próximo jogo será na quarta-feira (8) e contra a Argentina pelas quartas de final da competição.

No atletismo, nos 800 metros rasos masculino, o brasileiro Fabiano Peçanha chegou em segundo lugar e garantiu vaga na semifinal. Peçanha disputará vaga na final na quinta-feira (9).

Nos 200 metros rasos feminino, Evelyn dos Santos se classificou para a semifinal. A atleta terminou em quarto na sua bateria e se ficou com 23º melhor tempo geral. Já, Ana Claudia Lemos, em sua bateria, terminou a prova em quinto lugar e não conseguiu avançar para as semifinais. A brasileira volta a competir no revezamento 4x100 metros, que será na quinta-feira (9).

No arremesso de peso feminino, Geisa Arcanjo alcançou 19,02 metros, a melhor marca da carreira. Com o desempenho, Geisa terminou a prova em oitavo lugar. Ela se classificou para a final com a penúltima de 12 vagas, alcançando 18,47 metros.

O brasileiro Ronald Julião, que competia no lançamento de disco, foi eliminado das Olimpíadas. Ele atingiu a marca de 56,20 metros e terminou a prova na última colocação, em 41º.

Adriana Aparecida da Silva, a única representante do Brasil na maratona feminina, chegou em 47º lugar. O ouro ficou com a etíope Tiki Gelana.

Na final dos saltos por equipes, o time brasileiro que representava o país na final do hipismo, ficou em oitavo lugar com 67 pontos. Com quatro pontos, a Grã-Bretanha levou o ouro, com 12 a Holanda ganhou prata e a Arábia Saudita, com 14, conquistou o bronze.

Ao som de O Corpo, de Arnaldo Antunes, a dupla do nado sincronizado Lara Teixeira e Nayara Figueira foi eliminada das Olimpíadas de Londres. Elas somaram 174.100 pontos e terminaram a apresentação em 13º lugar geral.

Agência Brasil









Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados