Descalvado, 14 de Novembro de 2018 Busca:   
Geral

Mascote da Copa de 2014 chega a Brasília

25/09/2012

Para estimular a definição do nome do tatu-bola escolhido como mascote da Copa do Mundo de 2014, um boneco inflável com 7 metros de altura vai percorrer alguns pontos do Distrito Federal (DF). O boneco pode ser visto na Esplanada dos Ministérios, próximo à Rodoviária de Brasília e ao lado da Biblioteca Nacional. As opções de nomes para o mascote, porém, não têm agradado muito.

Entre eles estão Amijubi (união das palavras amizade e jubilo, que está ligado ao tupi-guarani, em que jubi significa amarelo, cor predominante no mascote). Outra opção em votação no site da Federação Internacional de Futebol (Fifa) é Fuleco, uma mistura de futebol e ecologia. O nome busca incentivar o cuidado das pessoas com o meio ambiente. E por último vem Zuzeco – mistura da cor azul com ecologia –, que busca também incentivar cuidados relacionados à ecologia.

Para o segurança, Marcos Silva, de 22 anos, a escolha do tatu-bola como mascote foi excelente, porém as opções de nomes estão complicadas e confusas. “Gostei do mascote. Os nomes é que estão devagar. Lembro de dois, mas sinceramente não gostei de nenhum. Os nomes são estranhos, poderiam ser mais simples.”

Já para o produtor local responsável pela passagem do mascote pelo DF, Cristiano Amado, de 32 anos, além de ter significados, os nomes são criativos e muito interessantes. “Não é comum, mas, entre as três opções, gostei mais de Fuleco, porque puxa pra sustentabilidade, ecologia, para questão ambiental e da alegria do povo brasileiro”, destaca.

O turista Roberto Alexandre, de 32 anos, associa o animal a uma bola, dizendo que o fato tornou a escolha do animal clara e objetiva, não precisando ser substituído por nenhum outro. Para ele, os nomes em votação não combinam com o animal. “Acho que a escolha do mascote foi ideal, tatu e bola tem tudo a ver. Ele tem uma imagem bem interessante. As opções de nomes que são muito complicadas, devia ficar tatu-bola mesmo”, disse.

Segundo Bruna Santos, de 22 anos, a escolha do animal é representativa para os brasileiros, porém, pensando na sua filha, acha que os nomes poderiam ser mais fáceis. “Achei a escolha do tatu-bola muito interessante, pela sua forma, combina muito com o Brasil, até pelo estilo do esporte também que é o futebol. Os nomes, porém, são muito diferentes. Achei complicados. Fiquei imaginando minha filha de 6 anos falando Amijubi. É muito estranho. Mas entre todos [os nomes] acho mais fácil o Fuleco”, afirma.

A mascote fica exposto durante 21 dias atrás do Museu da República e depois, passará por três pontos da cidade: o balão do aeroporto, balão do Torto e entrada de Taguatinga, uma das principais cidades do Distrito Federal.









Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados