Descalvado, 18 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Ônibus é incendiado no Jardim Imperial em Leme

26/02/2013

Um ônibus de transporte coletivo da empresa Limatur foi totalmente destruído pelas chamas na tarde desta segunda-feira (25) no Jardim Imperial em Leme.

O fato ocorreu por volta das 16h pela Rua Silvia Oliveira Lima Cury, defronte a Escola Municipal de Educação “Maria Amália Bonfanti” e próximo a uma Creche Municipal. O incêndio provocou momentos de pavor nas crianças que estavam na escola e na creche.

A Polícia Militar compareceu no local e as informações passadas pela motorista do coletivo, uma mulher de 61 anos, no momento em que o ônibus estava parado em um ponto para desembarque de passageiros, dois indivíduos em uma motocicleta de característica não anotada, juntamente com outros homens ainda não identificados e encapuzados, após efetuarem disparos de arma de fogo, entraram no coletivo e mandaram todos os passageiros descerem rapidamente. Na sequência, eles jogaram gasolina no ônibus, atingindo inclusive alguns passageiros e a motorista e atearam fogo.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e rapidamente compareceu ao local, mas o ônibus foi inteiramente queimado. Ninguém ficou ferido.

O responsável pela empresa Limatur esteve no local e informou que em razão do fato, os ônibus foram retirados de circulação, devendo retornar às ruas somente nesta terça-feira (26/02) com algumas restrições de locais de circulação. Fernando Capelo, disse que o prejuízo com a destruição de dois ônibus, contando com o incendiado no ano passado, chega a R$ 250 mil. "Cada vez que acontece qualquer coisa na cidade, eles vão lá e colocam fogo no ônibus. Quem leva a culpa é a empresa e os passageiros que não têm nada a ver", disse.

As causas do incêndio
A Polícia Civil investiga as prováveis causas da ação e trabalha para identificar e prender os autores da ação criminosa. A linha de investigação trabalha com a hipótese de uma retaliação a morte de um jovem que foi atropelado por uma viatura da Guarda Civil Municipal ocorrido no final da manhã desta segunda-feira (25/02).

Também a prisão de um rapaz de 18 anos, ocorrida na tarde de domingo (24/02), por envolvimento no tráfico de drogas e um possível envolvimento com uma facção criminosa, pode ter motivado o incêndio.

Policiamento reforçado
Logo após o incêndio, a Polícia Militar de Leme recebeu apoio de equipes das cidades de Pirassununga, Araras e Limeira, que intensificaram o patrulhamento nas ruas da cidade. Nenhuma outra ação foi registrada na noite de segunda-feira e madrugada de terça-feira. Conforme afirmou o capitão da Polícia Militar de Leme, Denilson Natal Colombo, algumas medidas foram tomadas para aumentar a segurança na cidade, "primeiro intesificação do policiamento e as folgas dos policiais foram suspensas", disse.

Portal Leme News









Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados