Descalvado, 19 de Novembro de 2018 Busca:   
Notas Policiais

Cubano invade apartamento e tenta estuprar universitária em São Carlos

07/03/2013

Armado com uma faca, ele agarrou a mulher de 28 anos pelo pescoço.
Suspeito afirmou que agiu por "pura maldade humana", segundo delegada.


Um cubano de 35 anos foi preso em flagrante após invadir um apartamento, agredir e tentar estuprar uma estudante de 28 anos na tarde desta quarta-feira (6), em São Carlos (SP). Segundo a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), ele confessou que estava disposto a cometer a violência sexual por "pura maldade humana". O suspeito é casado com uma brasileira e, segundo a polícia, trabalha há sete anos como pesquisador na área de física da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). A instituição, entretanto, ainda não conseguiu levantar se o professor pertence ao quadro de profissionais.
A tentativa de estupro aconteceu por volta das 13h30. O cubano mora no mesmo prédio da vítima, localizado na Alameda dos Crisântemos, no bairro Cidade Jardim. Em depoimento na delegacia, ele afirmou que teve um surto. Segundo a delegada Denise Gobbi Szakal, antes de agredir a jovem, o pesquisador arrombou o apartamento de outro morador em um bloco vizinho.

“Ele quebrou a porta e disse que iria estuprar o homem que mora lá. Como não havia ninguém, ele foi para o outro bloco. Perguntei o motivo de ter feito isso e ele respondeu que era por pura maldade humana”, relatou a delegada ao G1.

Agressão
Com uma faca de cozinha, o cubano tocou a campainha do apartamento da estudante. Ela o viu de costas, por meio do olho mágico, e abriu a porta por engano, pois achou que fosse o vizinho com quem negociava uma vaga na garagem. Foi quando o cubano invadiu o local, a agarrou pelo pescoço e começou a xingá-la. A jovem conseguiu se soltar e gritou por socorro. Vizinhos chamaram a polícia.

Os PMs chegaram ao condomínio e o agressor ainda estava dentro do apartamento. A princípio ele fechou a porta, segundo a DDM. A PM pediu reforço e solicitou uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os policiais entraram no local e algemaram o cubano, que não ofereceu resistência.

Ainda de acordo com a DDM, o agressor disse: “ainda bem que vocês chegaram, porque eu iria fazer maldade com ela”. Segundo a delegada, ele não conhecia as vítimas. “O caso surpreendeu, porque poderia ter acontecido uma tragédia e ele ter estuprado e matado essa jovem”, disse.

O cubano ficará preso até o julgamento. Ele foi enquadrado no crime de tentativa de estupro, que é inafiançável e prevê pena de 6 a 10 anos de reclusão, segundo a delegada.

Fonte G1









Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados