Descalvado, 20 de Novembro de 2018 Busca:   
Notas Policiais

Penas de assaltantes da Loja Colombo e Relojoaria Rubi somam mais de 115 anos de prisão

28/03/2013

A Justiça condenou os envolvidos nos Assaltos às Lojas Colombo e Relojoaria Rubi, cujas penas somadas ultrapassam os 115 anos de prisão.

Em 6 de Dezembro de 2011 os moradores de Descalvado se assustaram com um roubo ocorrido na Loja Colombo, localizada no centro de Descalvado. Nessa ocasião José da Conceição Santos e Ricardo de Almeida Luz adentraram a loja e, fazendo uso de um revólver, assaltaram a importância de R$ 2.070,00, sendo que após terem conseguido roubar o dinheiro, de maneira desnecessária, Santos efetuou um disparo na região do umbigo do gerente Shelton V. Nogueira, que teve que passar por duas cirurgias para garantir sua saúde. Na fuga Santos efetuou um disparo contra o funcionário Thiago Menendes, cujo disparou veio a atingir uma máquina de lavar.

Nesse caso a Justiça aplicou para José da Conceição Santos a pena de 32 anos de prisão, em regime fechado e para Ricardo de Almeida da Luz a pena aplicada foi de 26 anos e 8 meses, também e regime fechado.

Outro caso que também gerou um grande pavor na população ocorreu em 2 de julho de 2012, quando do assalto à Ótica e Relojoaria Rubi, também localizada no centro de Descalvado, onde dois indivíduos, também munidos de arma de fogo, adentraram a loja e efetuaram o assalto, porém o agravante nesse caso é que a Polícia Militar localizou, poucos minutos após a realização do crime, os assaltantes fugindo em uma motocicleta, e nesse momento iniciou-se uma perseguição pelas ruas do Parque Morada do Sol, sendo que o garupa do mato, Eduardo Amorim Nascimento, começou a efetuar disparos contra uma viatura policial, com o objetivo de conseguirem fugir.

Alguns minutos após a perseguição e a troca de tiros com a PM, Nascimento foi morto no confronto com a polícia, enquanto seu comparsa, Adelson Florêncio Estevam, tentou fugir, correndo por mais alguns quarteirões, mas foi preso logo em seguida.

Estevam foi condenado a 54 anos e 6 meses de prisão, no regime fechado.

Esse é um bom exemplo de que o crime não compensa e que a justiça está aqui, para punir os culpados, em especial para os crimes contra a vida.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados