Descalvado, 14 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Epidemia de dengue avança pelo interior e atinge dez cidades na região

08/05/2013

Santa Cruz da Conceição, SP, já contabiliza 27 casos da doença até agora.
Prefeitura planeja ações para eliminar criadouros do mosquito transmissor.


Com 27 casos já confirmados, Santa Cruz da Conceição (SP) é mais uma cidade da região que enfrenta uma epidemia de dengue. A Prefeitura do município informou que irá reforçar as ações de combate, com inspeção nas casas, para eliminar possíveis criadouros do mosquito transmissor da doença, que também preocupa em outras nove regiões.

Em Araras, já são 826 casos até agora. Matão (748), Aguaí (378), Vargem Grande do Sul (356), Mococa (346), Conchal (202), Nova Europa (121) e Santa Gertrudes (103) também registram um número elevado de ocorrências.

Em Leme (SP), muita gente teve a doença. Desde o começo foram 3.221 casos. Quando começou a epidemia na cidade, foi preciso intensificar as ações de combate com visitas frequentes às casas dos moradores, ressaltou o secretário de Saúde, Denilson Meira.

O tempo mais seco também contribuiu para que a epidemia perdesse força. No início do ano, a média era de 150 casos por dia. No mês passado, a média caiu para 17 por dia. Para reduzir ainda mais esses números, a Secretaria de Saúde planeja outras ações.

“É nessa época do ano que a gente tem que fazer um trabalho bem feito para quando começar a época de chuva o mosquito não encontrar local propício para se reproduzir”, disse o secretário.

Realidade diferente
Em Brotas (SP), a realidade é outra. A cidade enfrentou em 2012 uma epidemia com 259 casos, mas neste ano apenas três pessoas tiveram dengue, que pegaram em outras cidades.

Para a Vigilância em Saúde, várias ações ajudaram a manter a quantidade de mosquito sob controle. “Tivemos trabalhos desenvolvidos aqui, principalmente em relação ao numero de funcionários que foram contratados para agir no combate e com isso conseguimos desenvolver várias ações simultâneas”, explicou Ana Marian, diretora da Vigilância em Saúde.

Uma das medidas para evitar novos casos importados é monitorar os turistas que chegam à cidade. “A gente já faz todas as orientações, pede para caso haja algum sintoma para que entrem em contato com a gente”, explicou a secretária de Saúde, Beatriz Surian Checco.

G1


Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados