Descalvado, 13 de Dezembro de 2018 Busca:   
Brasil e Mundo

Itaú Unibanco anuncia a compra da Credicard por R$ 2,8 bilhões

15/05/2013

Na semana passada, banco havia dito à CVM não haver contrato firmado.
Valor, pago em dinheiro, inclui entidades de oferta e distribuição da marca


O Itaú Unibanco anunciou a compra da Credicard em uma transação de R$ 2,767 bilhões, segundo comunicado ao mercado por meio da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta terça-feira (14).

O valor será pago em dinheiro, segundo o comunicado, e envolve banco Citicard e a Citifinancial, além da marca Credicard, do Citibank.

O Citicard e a Citifinancial (Credicard Financiamentos, com 96 pontos de venda) são as entidades responsáveis pela oferta e distribuição de produtos e serviços financeiros da marca Credicard, principalmente empréstimos pessoais e cartões de crédito, informa o texto. A operação conta com uma carteira de crédito no valor bruto de R$ 7,3 bilhões e com uma base de 4,8 milhões de cartões de crédito.
A conclusão da operação e o efetivo pagamento dependerão da aprovação dos órgãos reguladores competentes.

Citi
O Citi espera que a transação gere um ganho sobre a venda de aproximadamente US$ 300 milhões após os impostos (US$ 0,10 por ação) na conclusão da operação. As atividades de negócios serão refletidas em operações descontinuadas a partir do segundo trimestre de 2013, de acordo com as regras contábeis geralmente usadas nos EUA.

Segundo o Citi, a transação não inclui cartões corporativos, os portfólios das marcas Citi, Diners, Credicard Platinum (exceto Exclusive), e cartões Credicard American Airlines, que serão migrados para a marca Citi e continuarão sendo administrados pelo Citi. A rede de agências Citibank não será afetada por esta transação.

Segundo o diretor-chefe do Citi América Latina, Francisco Aristeguieta, a transação mostra que o banco busca formas de otimizar os negócios e focar em segmentos específicos nos mercados emergentes, em linha com a estratégia global.

Negociação
Na semana passada, o banco havia afirmado não haver "qualquer transação ou contrato firmado que justifique a divulgação de Fato Relevante" ao ser questionado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre uma possível compra da Credicard.

Na resposta à CVM, no entanto, o banco informou que "está continuamente analisando potenciais operações que agreguem valor aos nossos acionistas". "O Itaú Unibanco comunicará imediatamente a conclusão de qualquer negociação", diz o texto enviado à autarquia.


Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados