Descalvado, 13 de Dezembro de 2018 Busca:   
Brasil e Mundo

Libertação de Corintianos: Carvalho diz que foi resultado do diálogo e da diplomacia

07/06/2013

O ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência da República, ressaltou hoje (7) que o governo brasileiro fez “esforços reais” para a libertação de sete torcedores do Corinthians, presos na Bolívia há quase quatro meses devido às denúncias de envolvimento na morte de um estudante boliviano, de 14 anos. Palmeirense, Carvalho disse que a libertação dos brasileiros deve ser comemorada como a vitória da diplomacia e do diálogo.

“Embora palmeirense, fiquei sabendo com muita alegria. Esperamos que em breve os demais também possam voltar aos seus lares. O governo brasileiro fez esforços reais, tanto de assistência aos presos lá, quanto na diplomacia e no diálogo com a Justiça para que essa situação chegasse a um termo”, disse o ministro.

Em decorrência das diferenças na legislação penal do Brasil e da Bolívia, a negociação paraa libertação dos brasileiros foi um “diálogo difícil”, segundo Carvalho. “Houve um diálogo que naturalmente foi difícil ao longo desse tempo, porque se trata de outro país, uma legislação própria que a gente tem que respeitar”, ponderou.

No final da tarde de ontem (6), sete dos 12 torcedores que estavam presos em Oruro, na Bolívia – acusados de envolvimento na morte do estudante Kevin Espada, de 14 anos, em fevereiro – foram libertados. Os torcedores corintianos estavam presos desde 20 de fevereiro.

Em nota, o Ministério das Relações Exteriores disse que a libertação dos sete torcedores foi definida pela Justiça da Bolívia por “falta de provas”. O texto lembrou que a presidenta Dilma Rousseff tratou do assunto com o presidente boliviano, Evo Morales, e que os ministros das Relações Exteriores também buscaram um acordo sobre o tema.

“Ao longo do processo, foram prestados pelo governo e outras instâncias competentes do Brasil todos os esclarecimentos necessários para a melhor compreensão das circunstâncias da trágica ocorrência que vitimou um jovem cidadão boliviano”, diz ainda o texto.

A Embaixada do Brasil na Bolívia tomou providências para transportar os brasileiros de Oruro para La Paz. De acordo com o Itamaraty, o governo brasileiro presta assistência aos cinco torcedores que permanecem detidos. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse ontem que o governo brasileiro vai manter o diálogo para que as autoridades da Bolívia libertem os cinco que ainda estão presos

Agência Brasil


Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados