Descalvado, 17 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Com setor em crise, avicultores mudam atividade em Araraquara

11/06/2013

Segundo produtores, custo elevado da ração é responsável por crise.
Em Matão (SP), produtor trocou o frango de corte por pimentão.

Granjas da região de Araraquara (SP) enfrentam crise na criação de frangos de corte e para amenizar os problemas avicultores mudam de atividades enquanto as grandes indústrias reduzem investimentos ou fecham. O custo da ração é apontado como uma das causas dessa situação, segundo produtores, que agora passam a plantar variados tipois de verduras para garantir o sustento.

A granja do avicultor Osmar Torres, no distrito de Bueno de Andrada, tem 17 mil frangos, alimentados com mais de 68 toneladas de ração por mês. Torres é um produtor integrado, que recebe da indústria o dinheiro e os pintinhos para criar, entretanto, o período de criação de frangos, chamado granjada, diminuiu. “A gente fazia seis granjadas ao ano, mas agora a gente está fazendo cinco, e na marra”, disse.

Segundo ele, o prejuízo é de 17 mil frangos por ano e a indústria deixou de pagar em dia. “Chegou a atrasar 80, 90 dias e a gente teve que procurar uma outra cultura para sobreviver”, comentou. Ele e a mulher montaram uma horta do lado da granja e plantaram vários tipos de verdura, como alface, agrião e couve. O novo investimento, segundo Torres, já traz resultados. “Hoje a horta dá mais lucro que o frango, que custa R$ 0,35, enquanto recebo até R$ 1 pelo pé de alface”, comparou.

Em Matão (SP), dos 26 avicultores, metade deixou de produzir frango, como o produtor José Bergamin. Em seu espaço eram criadas 60 mil aves, mas devido à crise a granja virou uma estufa e no lugar do frango há apenas pimentão. São mais de 4 mil pés em uma área de 2 mil metros quadrados.

“Isso começou em 2010 quando uma das empresas pediu recuperação judicial e ficamos com um valor significativo, R$ 30 mil, e até hoje não recebemos, na época passamos muita dificuldade”, disse.

Ração
O aumento do preço da ração é um dos motivos da crise, segundo o presidente da Associação de Avicultores de Araraquara e Região, Claudio Noguchi. As quatro principais indústrias da região frearam os investimentos e algumas não resistiram. “Esse número de indústrias reduziu à metade e as indústrias que está na região estão em crise”, disse.

Em Descalvado (SP), a crise ocorreu em 2009, quando a principal cooperativa fechou as portas e demitiu mais de mil trabalhadores. O presidente do Sindicato Rural, Luiz Antônio Fiorini, disse que até o momento o setor não se recuperou. Um estudo mostrou que 60 granjas da região estão paradas ou com produção abaixo da capacidade. “O espaço deixado é de 18 milhões de frangos que não estão sendo criados porque é prejuízo na certa”, disse Fiorini.


Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados